Conto (ou ñ conto?)

Contos que brincam com a fronteira entre fantasia e realidade, embora sejam baseados em fatos reais.

23 de janeiro de 2010Conto (ou ñ conto?)

Sinais

Quando o sinal fechou, o rapaz aproximou-se do táxi. Aparentava menos de 25 anos, mas mancava da perna esquerda, enfaixada no joelho fino, e tinha uma expressão abatida. Com educação, pediu ao motorista: -O senhor pode me dar um real? Passo a manhã toda na rua, quero começar a estudar! Diante da resposta negativa num […]
Escrito em Conto (ou ñ conto?) | Tagged | 3 Comentários
8 de janeiro de 2010Conto (ou ñ conto?)

‘Flango’?

Depois de uma aula interminável, o rapaz cruzou o portão da faculdade sentindo fome. Ainda longe de casa, bateu o olho numa daquelas barraquinhas de yakisoba de uma esquina movimentada e decidiu saciar-se antes de pegar o busão. Ao fazer o pedido, ouviu do chinês que manuseava a chapa: -De ‘cáne’ ou de ‘flango’? Pensando em seu próprio […]
Escrito em Conto (ou ñ conto?) | Tagged | Deixe um comentário
30 de janeiro de 2009Conto (ou ñ conto?)

Telemala

Telefonema 1: _Boa tarde, estou ligando para avisar que a apólice do seguro premiado já foi enviada para a sua casa. _Mas eu não pedi nada! _Bom, a senhora só vai efetuar o pagamento se a senhora querer. _Se eu ‘querer’? Não, obrigado, não vou querer. Telefonema 2: _Boa tarde, estou ligando para oferecer o […]
Escrito em Conto (ou ñ conto?) | Tagged , | Deixe um comentário

Jornalista, 35, blogueiro, carioca, taurino, apaixonado e pseudopiloto de kart.